Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

nada acontece por acaso

nada acontece por acaso

Direcção para 2007!

Vem aí mais um ano no nosso calendário gregoriano.

Temos por hábito festejar a passagem de ano, e eu nunca percebi bem

se festejamos porque “conseguimos” sobreviver mais um ano

ou porque queremos dar as boas vindas a um novo ano… Mas também não importa! 

Talvez seja apenas uma oportunidade para festejar!

 

E será que tenho razões para festejar o ano que passou?

Talvez sim….Talvez não…

Não sei….

Foi mais um percurso no meu caminho…

Com grandes lições,

Muitas aprendizagens,

Alguma evolução!

 

Agora, aqui e agora

Quero partilhar aqui…

Os meus desejos para 2007,

Aquilo que quero melhorar!

Não considero um desafio,

 

 

Não é um objectivo,

 

Não é uma promessa.

É a direcção do caminho que vou seguir,

Sem meta a atingir….

Porque não existe meta…

Apenas caminhar e

Aprender passo a passo,

a SER MAIS TOLERANTE.

 

Agora sim,

Como não podia deixar de ser…

Ou não fosse quem sou…

Desafio-te,

A ti que estás a ler…

Conhecido ou desconhecido,

Anónimos ou assumidos,

Partilha connosco,

Aquilo que queres melhorar em ti!

Clica "comente"

E FAZ O FAVOR DE SERES FELIZ!

:-)

 

MSG: Amigos, não me deixem ficar mal!!! Comentem lol

O conforto da Amizade…

Há dias, numa dessas manhãs com horas no trânsito, a caminho do emprego, vinha a conversar com uma amiga ao telemóvel. A certa altura, ela avisou que a chamada podia cair porque estava a entrar numa garagem e que depois me ligava … a meio da conversa, obviamente, a chamada caiu!

 

Ao final do dia, ela voltou a ligar e a primeira coisa que disse foi :

- Desculpa! Nunca mais me lembrei de te ligar… Desculpa!”

Perguntei, se estava a brincar comigo ao pedir desculpa (ainda por cima a dobrar); era só o que mais faltava! Se não tinha ligado era porque não tinha que ligar! Tudo bem…

Ela fez então um comentário eu achei muita graça:

- Fico sempre tão confortável contigo!

- Confortável?!? Como num sofá?! – Dei uma gargalhada.

- Sim, respondeu ela, contigo nunca me sinto em falta. Se fico em falta com qualquer coisa, sei que entendes, não fico ansiosa! Com as minhas amigas, mesmo as mais íntimas, fico sempre à rasca se fiquei de ligar e não ligo…sou logo acusada de não ter ligado, ou eu estou em falta……”

Desatei a rir, obviamente, porque entendi perfeitamente o que ela queria dizer! 

Eu sempre fui bastante distraída

– Aquário, Ascendente em Gémeos; numero de vida 5 –

e obviamente sempre fui especialista em esquecimentos destes.

Mas nunca entendi as ditas amigas que me tentavam “cobrar”

Um esquecimento ou uma falha….

 

Porque será que queremos cobrar um sentimento, uma emoção?

Porque será que nos ofendemos porque alguém não nos convida,

Não nos telefona, ou não aceita um convite….

Não se cobram ou exigem sentimentos!

Isso é como pedir esmola…

O verdadeiro Amigo, é Amigo da verdade!

Não liga porque “tem” de ligar mas liga quando lhe “apetece” ligar.

E nós, só temos de aceitar,

Agradecer, a sinceridade…

E ficar feliz por aquele momento!

A Amizade não tem preço,

Não tem tempo,

Não tem espaço.

E é confortável…porque não?

 

Obrigada Amiga….

Por me teres deixado confortar-te!

:-)

Pai querido dos meus filhos:

Meu querido Amigo,

Pai Querido dos meus filhos,

 

Hoje é para ti que escrevo, pois és tu que me estás na Alma!

Não sei se é por mim, se por ti, se pelos nossos filhos, se pelos teus dois irmãos que partiram, se pelo teu irmão Pedro… Sigo apenas a minha intuição que me diz para escrever o que me vai no coração!

Partilhámos 23 anos de vida, 7 de namoro atribulado e 16 de casamento perfeito.

Crescemos, construímos e caminhámos lado a lado por montes e vales, até termos resgatado o nosso Karma!  Sinto um enorme orgulho na vida que partilhei contigo e naquilo que representámos enquanto casal e enquanto pais. 

Fomos um casal perfeito durante 16 anos e trouxemos três filhos a este mundo!

Hoje representamos o casal divorciado senão perfeito, pelo menos ideal…

A Amizade, o respeito, a dedicação, a partilha, a solidariedade que sinto entre nós pode fazer-nos merecer os filhos que temos!

Um grande Bem Hajas por tudo!

 

Sei a volta que a tua vida deu neste ultimo ano (que os astros previram…).

O teu irmão morreu há pouco mais de 1 mês, a tua irmã já morreu há 10 anos, ambos decidiram partir da mesma maneira…

É difícil de entender e de aplicar a minha mensagem preferida “nada acontece por acaso”, porque à partida é difícil entender porque é que decidiram partir assim tão cedo, deixando até filhos tão pequenos…

Mais difícil ainda quando também é diagnosticado no teu irmão mais novo…

Perguntamos ao Universo PORQUÊ e parece que não vem resposta…

Perguntamos “O que temos de aprender com isto?”

A resposta continua a parecer um silêncio.

Mas não é.

O silêncio traz sempre uma resposta.

Se continuarmos a ouvir o silêncio,

Ele acaba por nos responder…

Pode não ser uma resposta falada,

Racional ou mental….

Mas o Universo responde sempre…

Se quisermos mesmo saber a resposta,

Ela pode tardar, mas vem.

Ela não vem de fora,

Vem dentro, bem dentro de nós.

E para nos ouvirmos,

Para sentirmos a resposta,

Do fundo da nossa alma,

Temos primeiro de esvaziar-nos…

Limpar todo o pó,

Todos os ruídos,

Todos os medos,

Todos os pensamentos,

Não basta baixar o volume.

Temos de fazer “mute”!

Fazer off por um segundo.

E parar de ouvir o mundo.

………………………

E talvez quem sabe,

Nesse teu silencio,

Descubras que tens o poder

E a missão de mudar e resgatar,

Esse carma familiar!

Não te escondas, não fujas,

Vive o luto, vive a dor,

Mergulha fundo…

E volta acima

Com energia do amor,

Do perdão, da aceitação!

 

Este natal vai ser diferente para a tua Família…

Faz com que seja mesmo Especial,

Não pelos outros,

Mas por ti!

 

Beijão.

Uma noite no Tibete!

Esta noite fui a uma conferencia dos monges Tibetanos,

Que estão a fazer uma digressão mundial

pela Paz Interior.

Foi engraçado ouvir e sentir o monge budista

Falar com uma linguagem muito simples,

Recorrendo a exemplos do nosso quotidiano,

Com um enorme sentido de humor!

 

A mensagem que transmitiram?

Muito simples:

Temos de encontrar a Paz dentro de nós

Com tolerância, compaixão e Amor!

A guerra não existe por causa

Das nações unidas ou desunidas,

Deste ou daquele presidente…

Existe porque eu não tenho Paz interior!

 

A facilidade com que falam de Deus,

Das outras religiões,

Assumindo que são apenas

Diferentes caminhos para chegar ao mesmo destino…

 

O estilo, tipicamente budista,

Com aquelas vestes,

O sorriso permanente,

O olhar tranquilo,

O humor, a alegria,

A energia de paz,

As mensagens tão importantes,

Transmitidas com uma simplicidade…

Impressionante!

Fiquei a pensar se alguns padres católicos

Não deveriam ir passar umas férias ao Tibete!...

 

Afinal o que é o Amor?

Muito se tem escrito e cantado sobre o Amor…

Mas afinal o que é o amor?

Quando usamos aqueles chavões,

Quando cantamos aqueles refrões,

“can’t live without you…”

Quantas musicas cantam o amor…

O amor ciúme, o amor de perdição,

O amor posse, o amor dependente,

O amor ao apego, o amor traição,

O amor vingança, o amor paixão,

O amor ao desamor!

 

Será isso eu sentimos quando amamos alguém?

Será essa a base de um relacionamento?

Será esse o sentimento a que queremos chamar Amor?

 

Eu só posso escrever sobre o que me vai na Alma….

E a minha Alma acompanhou este meu corpo e mente…

Na vivência de vários amores….

E eu fui sentido…

O que significa verdadeiramente

Amar ….

 

Amar é caminhar lado a lado, de mãos dadas, olhando em frente,

Não é parar e perder-se no olhar um do outro!

Amar é aprender a aceitar,

Não é pensar que vai mudar o outro!

Amar é fazer amor olhando nos olhos,

Não é fechar os olhos e representar como nos filmes…

Amar é sentir amor aqui e agora,

Não é uma promessa de amar até morrer…

Amar é aceitar partir sorrindo,

Não é implorar para ficar com juras e promessas!

Amar é ser verdadeiramente eu

Não ser o eu o outro quer que eu seja!

Amar é viver a diferença,

Não ser indiferente á vida!

 

Engraçado…

Estava a por em itálico as definições de Amar que escrevi acima,

Quando na minha mente

Saltaram os verbos de cada frase e…

E reparei que, afinal, para mim o Amor…

 

É CAMINHAR,

É APRENDER,

É FAZER,

É SENTIR,

É ACEITAR,

É SER,

É VIVER,

É AMAR!

e…

É Amar-me totalmente,

Para poder Amar-te

Amorosamente!

O Natal não é indiferente...

O que posso dizer nesta época de Natal….

Alguma coisa que não tenha sido já dita?

Gostava de poder ser um pouco original

Mas é difícil…

 

O Natal parece sempre igual….

Mas nunca é….

 

Há quem diga eu adora o Natal,

Há quem diga que o odeia,

Mas nunca passa indiferente….

Não adoro nem odeio o Natal.

Também não me é indiferente

 

Para mim o Natal…

É Natal!

 

Em criança o Natal era magia,

Na adolescência natal eram os presentes,

Como mãe fui mantendo a tradição,

Alimentando a fantasia das crianças…

 

Hoje, como vivo o meu Natal?

 

Como Mãe, tento evoluir a tradição,

Manter o Espírito do Natal,

Numa árvore com menos embrulhos,

Mas com mais luz e mais estrelas!

E vou pedir a uma estrela lá no céu

Que leve um embrulho cheio de Amor,

De Luz, de Harmonia e de Paz

Ao meu filho que está na América!

 

Como Filha, revivo a tradição,

Com meu pai e irmãos!

Mantemos a alegria na troca de presentes,

Honrando a nossa Mãe,

Ausente…

Mas sempre muito presente

No nosso coração!

 

Não se adora nem odeia o Natal…

O Natal é um estado de espírito,

Que se sente, que se vive,

A Paz, a Alegria, a Família, o Amor,

Mesmo que só por um dia que seja!

 

Vamos vivê-lo intensamente.

Quem sabe, conseguimos

convencer o Espírito a ficar connosco,

Nos nossos corações

Nem eu seja só por alguns instantes…

Se não conseguimos que

O Natal seja todos os dias….

Podemos sentir o Natal,

Uns minutos por dia…

Basta parar um minuto…

Fechar os olhos…

E sentir…

Paz….

 

Eu vou tentar!

E tu?

….

Aceitar...

Parece tão fácil de entender….

Mas tão difícil de atingir…

A Aceitação!

 

Há anos, o filho de uma amiga,

Com 3 ou 4 anos ficou doente,

Muito doente com leucemia.

Um drama para qualquer mãe ou pai,

Para qualquer um!

Passado uma ou duas semanas,

Com a criança no hospital,

Ela disse-me (ainda consigo ouvir a voz!)

“- Sabes, ontem ao sair do hospital, decidi entregá-lo!”

Não entendi e ela explicou:

“- Fechei os olhos e pensei: meu Deus,  faz o que for melhor para ele!”

 

Nunca esqueci esta conversa!

E ainda hoje, para mim isto representa Aceitar!

Não é desistir….não é entregar….

É acreditar!

Mesmo sabendo o quanto nos pode fazer sofrer!        

É ter a humildade de sentir a nossa insignificância.

É acreditar que existe um equilíbrio universal,

Porque ele existe!

 

Quando conseguimos interiorizar a Aceitação,

E Aceitamos de Alma e Coração….

É como se tivéssemos aprendido a lição e…

Subitamente tudo pode mudar…

Tal como filho da minha amiga

Que começou a melhorar….

É hoje um adolescente

Bem saudável….

Bem hajas Ana!

ZOOM OUT !

Pedi a um amigo para comentar os meus post e ele disse “simplicidade do pensamento e da visão; confusão minimizada e clarificada!”

Confesso que gostei da descrição.

Todos nós temos alguma tendência para complicar, dramatizar as situações, os sentimentos, as emoções….

Ou não fossemos o país do Fado e da Saudade!...

Aprendi a desdramatizar quando me apercebi que “nada acontece por acaso”;

Sempre que me acontece alguma coisa, imediatamente eu falo comigo:

- Porque será que isto me aconteceu? O que tenho de aprender com isto?

Parece mágico….porque, de repente, tudo fica mais fácil!

...E porque é que a vida não há-de ser fácil???

Basta olhar para as coisas sempre do lado positivo, ver o copo meio cheio!

Se parto uma perna…não foi azar…foi uma sorte…talvez eu precisasse de parar…estar quieta;

Ontem fui multada, pela 1ª vez em 30 anos com carta e quase à porta de casa! Excesso de velocidade…o máximo era 50km/h e o radar indicou 72 km/h! Num segundo fecho os olhos e pensei:

- Bem feita! Quem te mandou fazer sinal de luzes ao que vinha à frente (a 40 km/h) e acelerar para o ultrapassar? Impaciente, armaste-te em esperta…agora pagas para aprenderes!

É assim que eu vou vivendo e aprendendo!

Tudo acontece por uma razão; há sempre uma boa razão!

 

E naquelas alturas em que não consigo controlar as emoções: a tristeza, a raiva, o medo…

Nessas alturas eu uso para comigo uma palavra mágica:

ZOOM OUT

Tal como numa fotografia ou num filme….

Estou a focar, uma situação, um problema….

Faço ZOOM OUT

E, de repente….

Era tão grande, estava tão perto,

E ficou tão pequenino, tão longe…

Afinal…aquele era o meu problema?

Nem o sinto, nem me vejo…

ZOOM OUT

E viro uma migalha no universo!

O drama quase vira comédia….

Perante coisas tão mais dramáticas!

ZOOM OUT

E eu observo-me a mim própria…

Tão pequenina…

Tão ridiculamente dramática…

Nada como relativizar…

ZOOM OUT!

 

Try it. 

It works!

A Alma é o Segredo do Negócio!

Diz-se que "o Segredo é a Alma do Negócio" mas eu acredito profundamente que

"A Alma é o segredo do Negócio!"

Um dia alguém deve ter chegado à conclusão que as empresas não precisavam de Pessoas.

Pessoas para quê? 

Então decidiram eliminar a palavra “Pessoa” e “Pessoal” pois eram “apenas” recursos que a empresa precisava, tal qual precisava de recursos materiais ou financeiros.

E da Gestão de Pessoal se passou rapidamente para Gestão de Recursos Humanos!

 

Brilhante!

Eliminámos, pura e simplesmente a palavra Pessoa. 

Tirámos de qualquer contexto a singularidade de cada Ser Humano….

Uma Pessoa passou a ser apenas um recurso.

Tirámos a Alma à gestão!

 

Recordo Jack Welch, recentemente, numa conferência “repetir repetidamente”

-  Listen to your people! Listen to your people! Listen to your people!...

 

As Organizações não existem; são as pessoas que fazem as organizações!

Começa finalmente a sentir-se uma mudança, com a evolução de novos conceitos, novas técnicas, novas ferramentas que não são mais do que a aplicação nas empresas de técnicas (Coaching, Constelações organizacionais…) que se utilizam no desenvolvimento pessoal.

Se conhecermos os valores das pessoas, a organização Vive!

Porque os valores mais importantes numa organização são os das Pessoas!

 

 

Não há funções; há Pessoas!

Não há recursos; há Energia!

Não há motivação; há Espírito!

Não há cultura; há ALMA!

 

Vocês vão mudar o Mundo!

Bom, depois dos comentários publicados e não publicados aqui

Confesso que fiquei…sem palavras!

Comovida! Sentida!

O meu chacra do coração transbordou! ….

Estou cheia, cheia de Amor!

Precisamos de saber receber!

Eu sei disso e quero receber

de cada um de vocês…

os que conheço e os que não conheço….

Um xiiiiiiiiiiiiii coraçããããããão!

Bem Hajam!

 

Fantásticos!

Podem até escrever com erros de português….

Ou não saber a tabuada….

Mas vocês sabem Viver!

Porque vivem verdadeira e intensamente!

Não deixem de Ser quem são!

Não percam os vossos valores!

Acordem o Mundo!!!

Exijam a Verdade!

Pratiquem a Honestidade!

Espalhem a Amizade!

Vivam o Amor…

Sintam a Paz….

 

VOCÊS VÃO MUDAR O MUNDO!

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D