Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

nada acontece por acaso

nada acontece por acaso

Um dia vamos conseguir!

 Um dia vamos conseguir!  

Temos de acreditar todos que um dia vamos conseguir…sair desta realidade, deste “Matrix” onde achamos que vamos encontrar tudo…até a felicidade! 

Um dia vamos conseguir olhar para o outro e conseguir não julgar….simplesmente aceitá-lo e tentar perceber o que está a espelhar de mim…

Porque não tenho qualquer dúvida que quando não gostamos qualquer coisa no outro é porque ele está a espelhar uma parte da nossa sombra…uma parte de nós que nem nós queremos ver!  E como não gostamos de ver a nossa sombra ao espelho…espelhamos a nossa sombra no outro… apontamos o dedo e acusamos!

Quem sou eu para atirar a primeira ou a última pedra?

Quem sou eu para apontar um dedo (sempre que apontamos 1 dedo, ficam  outros 3 dedos a apontar para nós!)?

Quem sou eu para achar que não mereço…ou para achar que mereço?

Quem sou eu para exigir….ou para ceder?

Quem sou eu para acusar…ou perdoar?

Quem sou eu?

 

Se eu conseguir olhar para mim….sem espelho….sem medo do reflexo…sem medo do efeito…

se eu conseguir Gostar de mim, Acreditar em mim, Sentir que sou,

se eu conseguir Aceitar-me sem preconceitos….

Se eu conseguir Amar-me !

Então, sim…eu vou sentir a verdadeira realidade

E aceitar o outro na sua totalidade….

Encontrar o Amor e a Felicidade….

Porque me encontrei a mim!

O SEXO E A CIDADE !

Nada mais saudável…

Nada mais divertido…

Que, sem grandes planos e

Sem qualquer expectativa…

Ir almoçar com 2 ou 3 Amigas!

 

Duas, 3 ou 4 Mulheres,

Acima dos 35…

Num restaurante….

Reparem na energia que emanam…

Nas gargalhadas… na alegria, …na cumplicidade…

Nas passagens subtis do

Estado brincalhão ao estado sério….

 

Fala-se de tudo…

Do chefe, do colega, do subordinado….

Do(a) amigo(a), do inimigo(a),

Do amante da amiga,

Do filho, do sobrinho

Da irmã, da sogra, do primo….

E…

Não podia deixar de ser…

Fala-se dos homens maridos,

Dos ex e dos actuais

Dos reais e dos potenciais!

 

Fala-se de tudo….

Sem tabus, sem censura…

Como se a vida fosse um jogo e,

O almoço o intervalo onde se relaxa a mente

De todo o julgamento,

Onde o riso, a gargalhada é o melhor remédio,

A descarga de energia para este dia a dia.

Com ou sem nexo…

Com ou sem sexo…

Sem segredo, sem medo,

Um dia a dia de uma qualquer Mulher!

 

Viva a amizade

Viva a partilha,

Viva a alegria,

Viva a Vida…

Porque a Vida é Bela !!!

Conversas sem treta....

A minha irmã começou hoje o seu blog!  Parabéns Marta! (http://martafs.blogs.sapo.pt)

 

 

Engraçado esta nova forma de vida com a existência da net e tudo o que daí advém!

Por vezes dou comigo em casa a comunicar com a minha filha por msn…. Ela no quarto e eu na sala….

“Que horror” dirão alguns mais cépticos….

 

Horror nada! Fantástico!

Quem não experimentou ainda comunicar com gente jovem no msn, vale a pena experimentar….

Todos os dias a maioria deles mudam o nick, consoante a disposição do dia….

Basta olhar, ler a frase e de imediato percebemos que está “tudo em cima

ou que está tudo “grrrrrrrrrrrrrrrrr” ;

que estão apaixonados “lv u

ou que alguém faz anos;

que tiveram uma “alta noite”

 ou que a letra de uma música lhes bateu forte…

 

Enfim… conhecemos o mood  de cada um e, se nos sentimos sintonizados basta dizermos "oi, tás aí?" .  Se há resposta, há vontade de partilhar, de ouvir, de falar... senão, tudo ok ... ninguém pergunta porque não responde ... simplesmente se respeita a falta de resposta! 

Engraçado como se podem aprofundar relações de amizade e cumplicidade …engraçado reparar a importância que damos às coisas físicas…porque, no fundo, se conseguimos escrever coisas no msn…mas não o conseguimos dizer na presença….alguma coisa se passa aí…

O facto do outro não nos ver, provavelmente faz-nos baixar as nossas barreiras e defesas… e deixamos o coração falar mais livremente… (para o bem e para o mal…)!

Se não estivermos a pensar que alguém vai ler….os nossos dedos, conectados directamente ao nosso coração, mente adormecida, transformam sentimentos em palavras, sensações em frases que no seu conjunto imprimem a mensagem directamente sem passar pela censura do Ego!

E quantas pequenas mensagens nas entrelinhas…

Passado um tempo, ao relermos aquilo que escrevemos pensamos: como é possível ter escrito isto?

Que bem que me soube exprimir na altura! Não era capaz de escrever isto agora….

Pois é… é que a mensagem só sai quando estamos conectados com o nosso eu mais profundo….

Quero começar qualquer coisa HOJE!

Porque será que resistimos tanto à mudança…

Porque será que temos tanta dificuldade para entender o que é óbvio só porque não é visível no momento!

Temos a nossa capacidade de reinventar, de recriar, de alterar hábitos… os hábitos ditos “físicos” como deixar de fumar, de beber, etc. mas, e sobretudo dos hábitos de pensamento, as crenças, os preconceitos…o que lhe queiramos chamar …

Criamo-los e somos fiéis a eles, como se fossem sagrados…e nem nos apercebemos que basta um olhar diferente … de outro ângulo… basta questionar…pôr um ponto de interrogação e … num instante, a certeza passa a ser uma dúvida…

Certezas que sobre nós próprios…

 

É tão mais fácil teorizar…analisar… opinar …

Não é assim tão fácil agir… levar à acção para provocar uma mudança.

Não é nada fácil ouvir e seguir o que nos diz o coração, a alma,

seguir uma intuição, uma voz que não seja a da razão…

 

E se a razão nos diz que não! Se nos apercebemos que pode provocar alterações na imagem que os outros têm de nós ou, (pior ainda), que temos de nós próprios …

Então deixa de haver resistência à mudança,

e passa a haver um bloqueio!

 

O filme do Al Gore “Verdade Inconveniente” que todos devíamos ver mais do que uma vez com muita atenção, acaba com umas pequenas frases entre os créditos do filme…pequenos pedidos de pequenas acções que cada um de nós pode começar hoje a fazer para salvar o nosso planeta! Basta, por exemplo, ter comprar um electrodoméstico que economize mais energia…ou andar menos de carro…reciclagem…simples coisas que podem mudar tudo…

O engraçado é que acabamos do filme a bater palmas e começamos a ouvir alguns comentários ou talvez a pensar que os Americanos são do pior (lá estamos nós a reduzir a nossa responsabilidade.) ou que já mudei isto ou aquilo (logo, eu estou no caminho certo) e, subitamente….damos connosco a pensar logo em energias alternativas (que fazem todo o sentido em Portugal!) !!!!  Mas isso não me faz mudar nada hoje …

 

Porque não posso começar já hoje em fazer qualquer coisa diferente?

Ir de bicicleta para o ginásio….ir de transportes ou boleia pelo menos uma vez por semana para o emprego e deixar o carro em casa,,, só fazer máquina quando está cheia de roupa e durante a noite….Poupar água a lavar a loiça …desligar o computador, apagar a luz…pequenos gestos que, se cada um de nós contribuir….

 

Tão fácil…e talvez por ser tão fácil… acabamos por focalizar em soluções mais complicadas, que não dependem só de nós e não nos compromete!

Tenho de começar a fazer qualquer coisa HOJE!

Afinal nasci numa fase de Lua Cheia!!!!!!

 

Sou uma pessoa com muita sorte! Espero conseguir merecer a sorte que tenho….

Segundo feira recebi uma mensagem do céu…da minha mãe….

Hoje, sou presenteada com uma mensagem da terra…do meu filho!

 

Uma mensagem numa carta que me entregou em mão… que escreveu para mim … e que me fez sentir a pessoa mais feliz do mundo!

 

Meu querido Gogas, meu filho tão especial… tão igual a si próprio…. Nem imaginas o efeito que as tuas palavras tiveram em mim!

Há uns anos, um astrólogo disse-me que eu tinha nascido na fase balsâmica da lua o que significava que eu  não ia assistir às sementes que ia plantar nesta vida…

Nunca me esqueci desta frase e hoje, ao lera tua carta, ela veio-me à cabeça….

Porquê?

Porque no meio das emoções que me assaltavam enquanto,

Sofregamente lia.

Aquela página solta,

Onde cada palavra, cada frase era uma estrela que saltava do papel…

Direitinha ao meu coração!

E à medida que ia interpretando aquilo que escrevias,

Apercebi-me, com todos os meus sentidos bem alertas,

A árvore tão frondosa e tão enraizada que eu tinha semeado!

Essa árvore és tu…

E acho que devo ter nascido numa fase de lua cheia….

Com muitas estrelas no céu!

 

A facilidade com que falas de mim,

Dos meus pontos fortes e fracos,

A clareza com que consegues transmitir

Aquilo que te sentes por mim…

A maturidade com que entendes que não sou perfeita,

Com as vantagens que isso nos traz a todos,

A naturalidade com que referes

as energias  que nos movem…

A sensibilidade com que entendes a comunicação não verbal…

Que tanto usamos a toda a hora!

A amizade com que me escreveste esta carta,

Porque a escreveste a uma amiga….

Faz-me sentir uma mulher feliz e….

Porque não…?

Uma MÃE BABADA E ORGULHOSA!

 

Nunca deixes de ser quem és,

Porque és  LINDO!!!!!!!!!!!!!

Hoje tive uma Mensagem do outro lado ...

Hoje estive na missa de 7º dia da tia Rita Castro.  Foi linda!  Senti uma mensagem do Além... através dela, ouvi e senti a minha mãe que  já lá está há 2 anos e foi tão reconfortante!

Parece estranho, mas para mim faz todo o sentido...  O coro do Estoril, com as suas musicas e as suas letras que tocam qualquer coração...é impossivel ouvi-los e ficar indiferente... se fecharmos os olhos, estamos a ouvir o cantar dos anjos!... Quantas vezes me vieram já as lágrimas aos olhos só de os ouvir!  Bem haja tia Gena pela criação desse coro maravilhoso!

O Padre conhecia bem a tia e  contou histórias reais da sua vida, para mostrar aos netos como ela era a imagem da Alegria... como ela espalhava alegria !

Depois, os netos todos no microfone à vez... uns mais controlados, outros mais comovidos.. .todos com mensagens lindas!

Depois da comunhão... mais uma voz começou a ler o que me apercebi ser uma mensagem que a tia deixou, onde pedia para não mudarem o tom de voz quando falarmos dela, quando dissermos o seu  nome ... porque depois de morrer continuava connosco e queria que se falasse dela como se estivesse cá...porque de facto estava cá... sempre...com todos..

Obrigada Tia! 

Sei que a mãe estava consigo quando se fez essa leitura porque "vi"  as duas - duas Deusas da Alegria - a olharem para nós com um sorriso encantador, seguras que deixaram uma marca naqueles com quem se cruzaram na vida !

Obrigada Mãe por ter recebido a Tia com a sua Alegria!

Ambas deixaram no final a mesma mensagem:  estou lá à vossa espera para vos receber!

Não tenho a menor duvida de que estão!  E, não sei se é por isso que comecei a olhar para o "outro lado do véu" com enorme tranquilidade. ..

A minha mãe levou consigo o meu medo da Morte! 

Quando eu for, espero levar toneladas de "medos" comigo ... e deixar mais leves aqueles que por cá ficam...

Lá o medo não tem peso, nem espaço nem tempo nem ... será que existe tal coisa a que chamamos medo???

 

 

 

Coisas que fui escrevendo... e aprendendo!

Outubro 2005 (depois do meu percurso no Mariposa!)

 

Quem me viu e quem me vê..

Nem eu me reconheço mesmo…

A tranquilidade que sinto,

A paz com que consigo enfrentar aquilo que

Há pouco tempo eram dramas…traições, vinganças, ódios…

Surpreende.

Surpreendo-me

Surpreendo-me a mim própria…

 

Como se o espelho tivesse mentido

Durante tantos anos

E agora, límpido e brilhante,

Reflecte outra imagem…outro ser…

Ou não.

O ser é o mesmo…

A imagem mudou

Mudou perante os olhos que quem não vê…

De quem precisa de óculos para sentir…

Porque quem sente vê.

Vê para alem do que se vê…

Vê para além do objecto

Vê para além…

 

Mesmo com lentes.

Tudo parece agora desfocado…

Como se nada fosse material…tudo fosse.

Desbotado… as cores, as formas….

Não há chão, não há parede…

Não há tecto…

Nem portas ou janelas

Não há eu, nem tu nem ele.

 

O verbo haver, simplesmente não há,

O verbo ser, não foi, não é nem será

Porque só há, quando existe o não haver…

Porque só sou porque sei o que não sou…

Porque sim e porque não…

 

E se tudo for apenas um ponto de interrogação:

Haverá? Será? Terá?

Talvez sim, talvez não…

Vamos esquecer tudo então…

Fechar os olhos…

E com imaginação…

Sentir o vazio…

Onde nada existe. Nem eu!

Ouvir o vazio…

Com a força do silencio

Respirar o vazio…

Do ar dentro

 

Tu, sim TU: esta msg é para ti!

Tu,

Independentemente da relação que tiveste comigo,

Mais ou menos intima,

Mais ou menos prolongada.

Amigo ou inimigo

Amado ou odiado…

 

Tu que te cruzaste comigo,

E passaste sem olhar…

Tu que paraste para falar,

Ou tentaste me ignorar…

 

Tu que me deste a mão,

Ou com a mão me deste,

Tu que me mimaste

E tu que me ralhaste…

Tu que foste justo ou

Por mim injustiçado…

 

Tu que nem olhaste

Ou olhaste enamorado…

Tu que me ajudaste

Tu que me tramaste….

 

Sim tu que estás a pensar,

Que me odeias ou odiaste…

 

Tu, tu,  tu e tu também!

Um grande bem hajas!

Por teres sido, em cada um desses momentos…

O meu espelho!

Por me teres ensinado a olhar para mim,

Por me teres ajudado a encontrar-me!

 

UM BEIJÃO!!!!!!!!!!!!!

FILHO DO MUNDO ...


Hoje começou uma nova etapa na minha vida.

O meu filho foi para Miami trabalhar com contrato de 1,5 anos!  Tem 24 anos, vai fazer 25 em 30 de Novembro (Sagitário), e vai começar a construir a sua própria vida!

Se estou triste ?  Não, nem um pouco!  Estou muito tranquila e muito feliz porque chegou a hora dele procurar o seu caminho e tenho a certeza que o vai encontrar.  As saudades matam-se facilmente com um telefonema, no msn, skype ou mesmo no blog (www.filhodomundo.blog.com) ...

E...acabei de ir ao teu blog Duarte e li o que escreveste esta noite.... Lindo!  Acho mesmo que um dia vais deixar uma mensagem escrita para o mundo....

Lembro-me sempre do texto do Khalil Gibran no livro "o profeta":

"Teus filhos não são teus filhos,

São filhos e filhas dos Mundo

que anelando por si próprios

vêm de ti mas não são teus....!

Aconselho vivamente este livro!  É lindo e tão simples....

BREAK A LEG DUARTE!   I LOVE YOU! 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D