Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nada acontece por acaso

nada acontece por acaso

Faz o que eu digo, não faças o que eu faço!

 

Durante uns tempos, escrevia aqui alguns pensamentos,
Partilhei experiências, vivências,
mais ou menos profundas,
Mais ou menos pessoais.
Tentei ser sempre fiel a mim.
Ao descrever aquilo que sentia,
Era obrigada a olhar para dentro de mim, bem fundo,
E sentir que estava sintonizada com o meu Eu.
Fazia-me sentir bem.
Cada comentário representava um desafio,
Que me dava imenso gozo responder!
Confesso que alguns alimentavam o meu ego,
E por isso, também me davam gozo! :-)
Houve uma altura em que começou a ser mais difícil escrever…
Deixou de fluir…
Nessa altura eu percebi que não podia continuar a escrever,
Porque não estava a ser coerente comigo própria,
Não estava “ligada” ao meu Eu!
Encontrava-me na altura confortavelmente inserida num Matrix,
A trabalhar numa grande empresa,
Onde já não fazia sentido a minha presença,
Onde não queria estar e onde não queriam que eu estivesse!
Mas estava a ser comandada pela segurança material do meu Ego,
Consciente que estava profundamente infeliz,
Consciente que o meu percurso ali tinha terminado.
Consciente do meu medo,
Consciente da minha insegurança,
Consciente da minha falta de honestidade
Para comigo própria e, neste caso, 
Também para com quem lia este blog.
Consciente que estava a ser espelho de mim própria…
Consciente da minha incoerência:
Faz o que eu digo, não faças o que eu faço!
Parei.
Vivi as minha ansiedades,
Vivi o meu medo.
E um dia, decidi!
Enfrentei!
Nesse dia, renasci!
O meu Ego está inseguro, sem emprego, sem função.
O meu Eu está tranquilo e em paz.
Consciente que é o caminho certo!
O meu caminho!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D