Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nada acontece por acaso

nada acontece por acaso

Falo da Morte ou do Caminho da Vida?!

 Há dois dias tive uma conversa com os meus filhos (lindos, de 22 e 25 anos) e a Mariana(namorado do Diogo, o de 22 anos) sobre a Morte!   Antes de escrever a palavra morte, hesitei uns segundos para por ou não reticências.... para mostrar uma "hesitação"!  Óbvio que era o meu ego a funcionar....  porque todos nós ocidentais vivemos a vida inteira a evitar falar e a aprender a ter medo da única certeza que temos na vida:  a Morte.  A única certeza que tenho neste momento e em todos os momentos desde que nasci, é que vou morrer....tudo tem um ON / OFF, e sempre que há um on há um offHá e sempre que há um off há um on.

Impressionou-me a constatação quando li o livro tibetano da vida e da morte, que assim era no ocidente...enquanto no oriente, todo o ciclo de vida é considerada uma aprendizagem para a morte e a morte é um fim a atingir e não um mal a evitar.

Por isso os monges do Tibete morrem a sorrir...

Eles sabem.... Que é apenas uma passagem para outro nível de vibração, e, provavelmente estão em paz porque se prepararam e cumpriram os objectivos durante a vida....

Como se fosse um treino... e todos podemos subir ao pódio se treinarmos bem!

E subir ao pódio é, nas olimpíadas um objectivo a atingir.... em qualquer desporto....

Talvez fosse bom olharmos para a vida como se fosse um desporto: temos de aprender as regras do jogo da vida, treinar todos os dias para um dia poder ganhar a final e subir ao pódio.

Claro que o que nos falta é saber as regras do jogo da vida.... se é que há regras.... acredito que há, e acredito que existem regras gerais para todos - tal como no desporto - e existem regras individuais !  Como podemos conhecer as nossas regras?

Conhecendo-nos a nós próprios muito bem.... Não ao nível mental, não como pessoa, mas como entidade, como espírito e aí.... Acredito que a meditação, que é através de qualquer tipo de meditação que conseguimos saber as nossas regras individuais.  

E a partir daí, treinar todos os dias, de forma a conseguirmos ser campeões de nós próprios!   Vencer a Vida através da Morte ou vencer a Morte através da Vida....tal como Jesus Cristo!

Para alguns, as regras poderão passar pela aceitação do sofrimento...para outros pela lutacontra o sofrimento....  para alguns pode passar pela  entrega aos outros, para outros, pela entrega a si próprios...

Enfim.... o importante é saber qual é o nosso caminho que não tem necessariamente que ser aquele que "socialmente" ou "culturalmente" é suposto seguir.

O caminho quanto a mim,  passa sempre pelo percurso do  auto conhecimento!

Ao longo do caminho vamos encontrando pedras, pequenas rasteiras ou testes... que devemos, com coragem, pegar nelas, e tirá-las do caminho em vez de as circundarmos e fingir que não as vemos!   Se não a tirarmos do caminho - se não aceitarmos o desafio e enfrentarmos na altura - mais cedo ou mais tarde, aparece no caminho uma pedra maior e mais difícil de agarrar....e assim sucessivamente até que podemos acabar por enfrentar com uma parede um muro ....sem saída....   E tudo por causa duma pedrinha que, por desleixo ou por preguiça...não tirámos do nosso caminho!

Também temos os cruzamentos e os entroncamentos... cheios de tentações e desejos que consideramos "incontroláveis"  para virar à esquerda ou à direita!.... E aí...temos de parar.  Parar mesmo e meditar bem dentro de nós e seguir o caminho do coração...que é sempre em frente!  

Mas ao longo do caminho também vamos tendo uns entroncamentos, onde devemos dar prioridade aos "anjos" que nos aparecem e nos acompanham.... Podem ser pessoas...podem ser as tais "co - incidências", temos apenas de estar atentos.... Senti-los e aceitar com humildade essa ajuda tão preciosa,  conscientes que não foi por mero acaso!

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D