Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nada acontece por acaso

nada acontece por acaso

Espelho, espelho meu!...

Confesso que estou um bocado baralhada…

Comigo.

E contigo que estás a ler que me vai na Alma!

 

Comecei a escrever neste blog nem sei bem porquê!

Sempre gostei de escrever as coisas que sinto;

Gosto de descrever sentimentos, emoções,

Situações que tenha vivido ou experimentado.

Gosto de partilhar aquilo que sinto,

Gosto do desafio de pôr em palavras as emoções…

Fecho os olhos, faço “replay” para sentir novamente a sensação…

E, as palavras vão surgindo umas atrás das outras,

Sinto um fluir de energia….

Que se materializa aqui e agora…

Confesso que não gosto de narrativa nem de teoria!

 

Mas agora estou confusa,

Com o efeito blog…

Surpreendida,

Talvez um pouco assustada!

 

Porquê?

Porque no início era a família e amigos

Que liam que eu escrevia e comentavam…

Hoje,  tenho novos amigos,

Que não conheço pessoalmente,

Mas lêem e comentam aquilo que escrevo,

Que me desafiam,

Que me confrontam,

Que me surpreendem,

Que me inspiram,

Que me espelham!

Obrigada!

 

Fiquei confusa

porque comecei a sentir

o peso da responsabilidade,

E eu não quero pesos!

Mas afinal…

Enquanto escrevo estas linhas, apercebo-me

Que a responsabilidade sempre esteve comigo,

Desde o primeiro post!

O que está a acontecer é que

Agora estou a tomar Consciência dela.

 

Assustei-me…

Mas isso não faz sentido.

Porque só tenho de continuar a

Escrever o que sinto…

E ser verdadeira comigo própria,

E contigo.

Ser Eu

Sem Ego.

 

As tuas expectativas

Sobre que escrevo

É um problema teu,

Não meu!

 

Mas graças a ti,

Acabei de fazer mais uma aprendizagem,

Ao tentar explicar-te a confusão

Que sentia no inicio deste texto,

Percebi que ainda tenho muita energia do Ego

Para trabalhar…

….

Um dia de cada vez!

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D